Postado em porThais Dutra

Na rotina de uma revendedora a opção de ter um estoque de produtos a pronta entrega é uma vantagem pela praticidade que oferece aos cliente.

Ter controle desse estoque é essencial para que não se tenha prejuízos, além de ser um instrumento para

conseguir revender os produtos a preços acessíveis e garantir um serviço rápido e de qualidade para seus clientes.

Para ter um estoque em dia, alguns princípios básicos de controle são necessários, veja a seguir os pontos mais importantes:


QUANTOS PRODUTOS ESTOCAR?

Se você ainda não tem estoque, faça uma média de quantos produtos você vende mensalmente, e comece seu estoque a partir desse número. Depois de um tempo você conseguirá fazer previsões de quantos produtos venderá no próximo mês, além de poder planejar metas e criar estratégias para atingir o objetivo traçado, definindo

as mercadorias que devem ser estocadas. A regra de ouro é não armazenar uma grande quantidade de mercadorias se você estiver vendendo pouco.  


ONDE ESTOCAR?

Escolha um local que possua as condições ideais para que os produtos fiquem bem acomodados, em boas condições de higiene e conservação, oferecendo também praticidade e rapidez na hora de encontrar um produto específico para mostrar ao cliente.

Separe um lugar escuro e livre de umidade para armazenar os cosmético, por exemplo. Já as roupas devem ser mantidas dentro das embalagens, para não amassarem nem sujarem.


COMO FAZER O GIRO DE PRODUTOS?

Você já deve ter percebido que a melhor estratégia é estocar itens que você sabe que têm maior procura. Aqueles que têm pouca saída devem ser evitados, porque eles representam gastos extras. Por exemplo: batons tendem a vender mais do que bases ou pós compactos, que são mais caros. É preciso equilibrar o giro de produtos tendo o suficiente para vender a pronta-entrega ao mesmo tempo em que consegue ter o retorno rápido do valor investido nas mercadorias.


O QUE FAZER COM OS PRODUTOS QUE NÃO VENDEM?

Quando seu estoque estiver com muitos produtos parados, você pode planejar uma queima de estoque, criando promoções e oferecendo descontos. O objetivo é renovar as mercadorias, para oferecer outras que tenham mais saída.


É importante sempre ficar atenta aos produtos que viram tendência, sabemos que esse é um grande desafio. Controlar o estoque é conseguir equilibrar o atendimento aos clientes e as suas finanças, é um compromisso com a qualidade do seu trabalho.